Curso de Tui Na – Massagem Terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa


IMG_6965

 A ESMTC tem com o objetivo de formar praticantes profissionais de Tuina.

O Curso de Tuina proposto segue o Plano de Formação de Profissionais de Tuina proposto pela Organização Mundial de Saúde, incluindo também técnicas terapêuticas complementares da Tuina, nomeadamente a moxabustão, as ventosas, o guacha, a massagem reflexoterapêutica do pé e as aplicações externas com base em plantas medicinais.

Coordenadora do Curso:

Detalhes do Curso:

Nome: Curso de Tui Na – Massagem Terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa
Plano de formação de profissionais de Tuina da OMS – Organização Mundial de Saúde (“Benchmarks for training in Tuina”,OMS, 2010)
Edição: 1ª Edição

Duração Total do Curso : 2 Anos

Total horas do Curso (horas de contacto+estudo dirigido+outras atividades do curso) : 2060horas

Total horas de contacto: 1097 horas

Formação de nível profissional para:

– Qualquer pessoa interessada em Massagem Terapêutica e na Medicina Tradicional Chinesa, com o 12º ano de escolaridade (preferencialmente)

– Profissionais das Terapêuticas não Convencionais

ID : CTNMTC Data:  21 de Novembro de 2021
Regulamento: Consultar aqui Localização: B-Learning – Plataforma de E-Learning da ESMTC e Instalações da ESMTC (aulas práticas presenciais)

Informações :

Apresentação

Seguindo o Plano de Formação de Profissionais de Tuina proposto pela Organização Mundial de Saúde, a ESMTC abriu um Curso com o objetivo de formar praticantes profissionais de Tuina, no pleno sentido do termo.

Numa versão mais adaptada às nossas circunstâncias, de acordo com a nossa experiência, a carga horária total desse Plano de Formação foi reduzida, sendo acrescentadas técnicas terapêuticas complementares da Tuina, nomeadamente a moxabustão, as ventosas, o guacha, a massagem reflexoterapêutica do pé e as aplicações externas com base em plantas medicinais.

A Tuina é utilizada na China há mais de 2000 anos.
Nos tempos antigos, a Tuina era designada por “An Mo”, “An Qiao” e “An Fu”. O termo “Tuina” foi registado na literatura, pela primeira vez, durante a dinastia Ming (1368 – 1644 d.C.).

O desenvolvimento inicial da Tuina foi empírico e as suas realizações documentadas num grande número de textos clássicos, constando já registos das acções terapêuticas da “An Mo” no primeiro texto médico abrangente em MTC, o Clássico de Medicina Interna do Imperador Amarelo (Huang Di Nei Jing: 475-221 a.C.).

Desde a dinastia Wei até à dinastia Jin (220-420 d.C.), a Tuina foi também utilizada na prática da medicina de emergência e, na dinastia Sui (581-618 d.C.), tornou-se uma área de estudo independente recebendo o seu executante o título de “praticante de terapia manual”. Na dinastia Tang (618-907 d.C.) a Tuina foi incluída no “mais alto nível do sistema de educação médica na China e o departamento de Tuina considerado um dos quatro departamentos clínicos hospitalares”. Na dinastia Ming (1368-1644 d.C.), a Tuina pediátrica torna-se um campo de estudo independente.

Em 1956, foi criada a primeira escola de Tuina moderna em Xangai, R.P. da China. O ensino da Tuina encontra-se hoje acessível nas universidades e faculdades de MTC em toda a China. Foram feitos progressos significativos na educação e investigação em Tuina, e nos últimos 50 anos foram publicados numerosos artigos e uma série de tratados sobre a mesma. Concebida de acordo com a perspectiva da MTC, existe um corpo sofisticado de conhecimentos construídos ao longo de séculos, incluindo a teoria básica, os procedimentos de diagnóstico e as abordagens de tratamento nesta área. Actualmente, a Tuina é praticada globalmente, e os praticantes são conhecidos como profissionais de Tuina, terapeutas de Tuina ou médicos de Tuina.

A Tuina utiliza uma variedade de técnicas manuais guiadas pela teoria da MTC, cuja filosofia e teorias influenciam fortemente a atitude e a abordagem dos profissionais de Tuina em relação aos cuidados de saúde. Isto tornou a Tuina diferente das outras terapias manuais. (Traduzido e adaptado de “Benchmarks for training in Tuina“,OMS, 2010)

A ESMTC incluiu o ensino profissional de Massagem Terapêutica no plano de estudos do seu Curso de Medicina Tradicional Chinesa em 1994. A partir de 2000 as disciplinas teóricas e práticas de Tuina foram reformuladas, graças à colaboração com o Prof Shao Ming Li e o Dr Tao Qi do 1st Affiliated Hospital de Nanjing, (R.P. China) após o estágio hospitalar que a professora Lurdes Carvalho aí realizou.

Posteriormente, esse trabalho foi aprofundado graças às várias estadias em Portugal do Professor Jin Hong Zhu e da Professora Ding Xiao Hong, da Universidade de Medicina Chinesa de Nanjing, onde o primeiro viria a ser reitor da Faculdade de Acupuntura.

O Professor Jin, considerado na China e outros países como um importante expoente da competência em Tuina, juntou a sua dedicação e paciência ao esforço dos professores de Tuina da ESMTC o que permitiu implementar na nossa escola, desde há 20 anos, uma réplica exacta do melhor ensino de Tuina praticado na Universidade de MTC de Nanjing, uma das mais antigas instituições de Ensino Superior de Medicina Chinesa.

Como resultado, a generalidade dos profissionais de MTC formados na ESMTC usam regularmente a Tuina no seu trabalho clínico, incluindo alguns que têm na Tuina a sua abordagem clínica preferencial. No Centro de Consultas da ESMTC funciona, também há cerca de 20 anos, uma consulta de Tuina aberta ao público. É aí que os alunos do Curso de MTC realizam o seu estágio prático semanal de Tuina durante um ano.

Os atuais professores de Tuina da ESMTC já exerciam essa mesma função no Curso de MTC quando das estadias do Dr. Jin Hong Zhu em Portugal. Foram eles os seus interlocutores diretos e são os principais depositários do contributo legado por ele à ESMTC. São também os professores de massagem neste Curso de Tuina – Massagem Terapêutica Chinesa.

Assim, este Curso consiste numa autonomização da componente de Tuina da nossa formação em MTC, trazendo consigo as disciplinas necessárias para a sua prática profissional, como o Diagnóstico próprio da MTC, a sua Teoria Básica, o estudo dos Meridianos e Pontos de Acupuntura usados na massagem Tuina, as ciências médicas ocidentais básicas e o estudo de muitas patologias comuns e seu tratamento/prevenção em Tuina.

Ao plano de estudos da Organização Mundial de Saúde foi acrescentado, neste Curso, o ensino de outras técnicas de aplicação manual da MTC, utilizadas dentro do mesmo enquadramento teórico da Tuina, nomeadamente a Moxabustão, a terapia por Ventosas, o Guasha (instrumento de massagem), a Massagem reflexo-terapêutica do Pé e as aplicações externas de decocções de plantas medicinais.

Esta formação destina-se também a futuros “amadores qualificados” de Tuina, dispostos a frequentar um ciclo de formação afinado por uma tónica profissionalizante. Exercida em comunicação aberta com o paciente, sem custos agregados ou necessidade de aparelhos ou instalações especiais, a formação de Tuina é também muito adequada ao uso privado por amadores qualificados, nos âmbitos familiar, social ou profissional. Pode constituir, assim, um trunfo importante na promoção da saúde e do bem-estar do indivíduo e da sua comunidade, reforçando com isso laços e proximidade entre os envolvidos.

Dado o atual surto pandémico, e promovendo a acessibilidade do Curso de Tuina a estudantes residindo fora de Lisboa, grande parte das técnicas de Tuina serão transmitidas em vídeos didáticos para visionar e praticar em casa. Usando o tradicional saco de arroz ou areia típico do treino de Tuina e recorrendo, eventualmente, a familiares, colegas ou amigos para treino no corpo humano, todas as técnicas serão retomadas/corrigidas nas sessões presenciais.
Apesar de ser um método inovador como forma de ensino duma disciplina manual e prática, a experiência recente de ensino da Tuina, parcialmente online e em condições de confinamento, surpreendeu todos, professores e estudantes, pela sua viabilidade, eficácia e mais valias específicas de segurança, comodidade e economia de tempo.

Tão atual como milenar, tão despojada como imponente, tão simples como rica de complexidades, a Tuina é arte da cura pelo mero toque entre dois seres humanos. Uma ideia bela e inspiradora que merece ser experimentada.

 

Resultados de referência da aprendizagem (OMS)

Objectivos Gerais

  • Capacitar os discentes para o conhecimento dos benefícios e possibilidades terapêuticas da massagem Tuina e para o domínio do diagnóstico e aplicação terapêutica da mesma;
  • Capacitar os discentes para o domínio das principais técnicas de Tuina e das condições da sua aplicação, na promoção da saúde dos utentes e no tratamento de diferentes patologias em que é reconhecido a sua eficiência terapêutica;
  • Capacitar os formandos para a avaliação da sua própria condição energética e para o conhecimento e prática de auto-massagem e de sistemas de exercícios de Qigong, capazes de garantir uma condição de saúde adequada ao exercício desta profissão;
  • Capacitar, também, os formandos para a aprendizagem de outras técnicas terapêuticas externas da MTC, como reflexoterapia do pé, ventosaterapia, Guasha e moxabustão e para a sua utilização em diferentes condições de saúde e de doença;
  • Promover um estágio terapêutico de prática clínica de Tuina onde os formandos terão a oportunidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos sob supervisão.

Objectivos Específicos

No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

  • Descrever a anatomia e funções fisiológicas humanas normais, bem como a sua relevância para a prática de Tuina;
  • Aplicar os princípios da Medicina Tradicional Chinesa e da Medicina Convencional ao diagnóstico de Tuina de condições clínicas comuns;
  • Aplicar técnicas de Tuina apropriadas, tais como enrolar e amassar, com base numa compreensão das suas indicações e contra-indicações;
  • Desenvolver planos de tratamento específicos com base no diagnóstico do paciente individual, bem como nos sinais e sintomas relevantes;
  • Identificar patologias a encaminhar para outros profissionais de saúde, quando necessário, em áreas incluindo, nomeadamente, mas não só, traumatologia, medicina interna, ginecologia e pediatria;
  • Interpretar relatórios laboratoriais e radiológicos comuns relevantes para a prática da Tuina;
  • Rever e monitorizar o estado de saúde dos pacientes e modificar o plano de tratamento em conformidade, utilizando ainda uma compreensão das indicações e contra-indicações das técnicas de Tuina;
  • Executar eficazmente uma gama adequada de técnicas Tuina, guiadas pelos princípios da Medicina Tradicional Chinesa;
  • Utilizar o desenvolvimento profissional e a educação contínua para mais tarde adquirir autonomamente os conhecimentos competências necessários para o tratamento de doenças ou condições de saúde que podem não estar necessariamente abrangidas pelo presente programa.

 

Aptidões de comunicação

No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

  • Aplicar as terminologias médicas tradicionais chinesas e convencionais, de forma apropriada, na prática de Tuina;
  • Comunicar eficazmente com doentes, colegas, outros profissionais de saúde, organismos reguladores e o público em geral;
  • Comunicar eficazmente com outros profissionais de saúde em casos de encaminhamento de pacientes e questões relacionadas.

 

Competências de prática responsável e sustentável

No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

  • Educar os pacientes sobre Tuina, enquanto forma de cuidados de saúde holísticos;
  • Praticar dentro dos quadros regulamentares, éticos e de segurança;
  • Gerir um negócio financeiramente viável como praticante de Tuina;
  • Identificar questões-chave da profissão e munir-se dos recursos profissionais adequados;
  • Continuar a aprender (aprendizagem ao longo da vida) e aprender com a experiência (aprendizagem reflexiva).

 

Competências de investigação e de gestão da informação

No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

  • Descrever questões metodológicas relacionadas com a investigação clínica de Tuina;
  • Manter-se informado sobre os avanços da Tuina em matéria de conhecimento e aplicá-los na prática clínica, conforme apropriado;
  • Rever de forma crítica publicações de investigação, quando relevantes para Tuina;
  • Descrever as etapas envolvidas na investigação de Tuina, no âmbito de uma prática eticamente enquadrada;
  • Divulgar ou comunicar os resultados da investigação a pares e outros.

Programa e Avaliação

Unidades Curriculares  

Anual/Semestral

Horas de Contacto

1ºAno 

 

Anatomia Palpatória

– Teoria básica da Anatomia Humana;
– Estrutura normal do corpo humano e componentes dos sistemas corporais, particularmente a anatomia de superfície e estruturas subjacentes, incluindo os seus nomes, formas e localizações;
– Reconhecimento de pontos de referência anatómicos.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Compreender a terminologia da anatomia topográfica e dos planos corporais e ser capaz de descrever a estrutura morfológica normal dos órgãos.

Anual 46h

Anatomofisiologia Humana

– Conceitos e princípios básicos da Fisiologia Humana;
– Principais funções dos órgãos e sistemas humanos;
– Indicadores fisiológicos normais.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Demonstrar uma compreensão das funções fisiológicas humanas e da sua relevância para a prática clínica de Tui Na.

Anual 46h

Psicologia clínica da MTC

– Princípios e prática;
– Consciência dos factores psicológicos e da sua relevância para a saúde mental, aconselhamento psicológico, diagnóstico e promoção da saúde.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Identificar os factores psicológicos que podem ter contribuído para os problemas de saúde actuais dos pacientes e para fazer o encaminhamento atempado para outros profissionais de saúde (psiquiatra, psicólogo) sempre que for indicado.

2º semestre 32h

Sistema de Meridianos e pontos de Acupunctura

– definição, localização, classificação, função e aplicação clínica de meridianos e pontos de Acupuntura/Tui Na;
– código, nome, localização, anatomia local e indicação de aproximadamente 200 pontos de Acupuntura/Tui Na normalmente utilizados (Anexo 2,WHO Benchmarks).
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Localizar estes pontos de acupunctura no corpo humano com precisão e descrever as suas funções.

Anual 74h

Ética e Desenvolvimento Pessoal

– Conhecimentos e princípios básicos;
– Conduta profissional esperada dos profissionais de saúde.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Identificar e explicar questões éticas e profissionais relacionadas com a prática de Tui Na.

1º semestre 32h

Treino físico para as técnicas de Tui Na

– Treino físico essencial para a prática da Tui Na;
– Exercício regular e adequadamente concebido para melhorar a constituição do indivíduo e desenvolver a força física e a resiliência necessária para a prática clínica;
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Demonstrar aptidão física e resiliência necessárias para a prática de Tui Na, e para orientar os pacientes na execução de vários exercícios necessários à recuperação da sua saúde

Anual 64h

Técnicas de Tui Na

– Desenvolvimento histórico da prática de Tui Na, conceitos e competências para a prática das técnicas comuns de Tui Na;
– Aplicação das técnicas;
– Aplicação adequada de técnicas combinadas com monitorização dos resultados terapêuticos.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Dominar a prática das técnicas de Tui Na de forma competente e dominar apropriadamente a combinação de diferentes técnicas de modo a responderem adequadamente a condições clínicas específicas.

Anual 104h

Princípios da MTC

– Características e conceitos-chave da teoria da MTC, nomeadamente yin-yang, cinco elementos, zang-fu, qi, sangue e líquidos orgânicos, etiologia e patogénese;
– Diagnóstico em MTC, incluindo os quatro métodos de diagnóstico (inspeção, auscultação e olfacto, interrogatório e palpação), diferenciação de
síndromes (identificação de síndromes de acordo com as oito princípios e zang-fu);
– Princípios e métodos de prevenção e tratamento.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Descrever os conceitos de MTC e aplicar estes conceitos no diagnóstico e na prática clínica
Demonstrar competência no diagnóstico e diferenciação das síndromes guiadas pelo quadro teórico da MTC, os quais reflectem a singularidade da prática da MTC.

Anual 82h
Total horas – 1º Ano 480h

2º Ano

 

Patologia da Medicina convencional

– Teoria básica da patologia;
– Etiologia, patogénese, manifestações clínicas, princípios para o diagnóstico e tratamento de doenças comuns;
– Primeiros socorros.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Descrever e aplicar métodos básicos de diagnóstico e tratamento clínico de doenças. Dominar os primeiros socorros a uma nível profissional

Anual 46h

Técnicas básicas de diagnóstico

– Teoria básica, conceito e competências de diagnóstico;
– Aplicação e interpretação de exames físicos, testes laboratoriais e diagnóstico por imagem.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Analisar e interpretar análises clínicas e laboratoriais básicas
Analisar e interpretar exames de diagnóstico relevantes para a Tui Na

1º semestre 23h

Técnicas terapêuticas complementares da Tui Na

– Moxabustão;
– Ventosaterapia;
– Guasha;
– Reflexoterapia do pé;
– Aplicações fitoterapêuticas externas.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Aplicar as técnicas complementares da Tui Na de acordo com o diagnóstico diferencial e condição do paciente.
Respeitar as indicações e contra-indicações à prática das técnicas complementares da Tui Na

1º semestre 33h

Introdução à Investigação em Tui Na

– Leitura e Interpretação de artigos científicos em conformidade com os princípios da melhor prática;
– Manutenção de registos clínicos precisos e abrangentes;
– Desenvolvimento do pensamento crítico na tomada de decisões;
– Capacidade de crítica da literatura clínica, incluindo orientações clínicas;
– Desenvolvimento de uma prática continuada de pesquisa, reflexão e investigação sobre as actividades mais relevante da Tui Na no terreno.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Aplicar o conhecimento adquirido num estudo e registo de um caso clínico

2º semestre 23h

Medicina interna tradicional chinesa

– Conceitos básicos, teoria e competências da medicina interna tradicional chinesa;
– Etiologia, patogénese, características clínicas, diferenciação de síndromes, princípios de tratamento e planos de tratamento para as condições clínicas comuns.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Descrever e aplicar métodos básicos de diferenciação de doenças e síndromes para o diagnóstico e tratamento clínico das condições comuns da medicina interna.

Anual 46h

Tui Na Terapêutica

– Conceitos básicos, teoria e competências clínicas de Tui Na;
– Métodos de diagnóstico e tratamento das patologias comuns utilizando a Tui Na;
– Aplicação da Tui Na para a prevenção;
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Aplicar técnicas de Tui Na comumente utilizadas no tratamento das doenças comuns e aplicar as técnicas de Tui Na adequadas à prevenção da doença.

Anual 89h

Traumatologia tradicional chinesa (Exame físico) 

– O desenvolvimento histórico da traumatologia na MTC;
– Teoria básica da traumatologia;
– Diagnóstico clínico e tratamento de condições comuns e lesões dos tecidos moles, utilizando técnicas da Tui Na.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Descrever e aplicar métodos básicos de diferenciação de doenças e síndromes para o diagnóstico e tratamento clínico de lesões traumáticas comuns

Anual 69h

Tui Na Pediátrica

– Conceitos básicos, teoria e prática segura da Tui Na pediátrica, incluindo requisitos específicos para crianças;
– Aplicação de métodos de diagnóstico e tratamento para as perturbações comuns das crianças;
– Aplicação de técnicas de Tui Na para a prevenção de doenças pediátricas.
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Aplicar de forma apropriada e regular as técnicas de Tui Na para o tratamento de doenças pediátricas comuns e para a prevenção da doença pediátrica.

2º semestre 42h

Prática Clínica

– Registar a queixa principal, a anamnese, os resultados do exame físico, o diagnóstico, os princípios terapêuticos e o plano de tratamento;
– Documentar as consultas com os pacientes;
– Executar o tratamento;
– Reavaliar os resultados e documentar quaisquer modificações aos planos de tratamento;
– Cumprir os requisitos de confidencialidade, consentimento informado e privacidade;
– Normas de prática segura da Tui Na
No final da Unidade curricular o aluno deverá:
Ser capaz de avaliar o paciente, elaborar e realizar um plano de tratamento, modificar o plano de tratamento de acordo com os resultados observados de modo autónomo e respeitar o quadro ético e normativo da Tui Na.

Anual 200h
Métodos de Exercício II Anual 46h
Total horas – 2º Ano   617h
Total horas de contacto   1097h
Total horas do Curso (horas de contacto+estudo dirigido+outras atividades do curso)   2060h

Avaliação

Os critérios de avaliação são apresentados no início da disciplina por cada professor.

A classificação final no curso resultará da média ponderada, numa escala de 0-20 valores, das classificações das várias disciplinas.

 

 

Início do Curso – 21 Novembro às 10h30 – apresentação presencial – com possibilidade de vídeo conferência síncrona

As aulas do Curso são difundidas três vezes por semana, terças e quintas das 19h às 22h, sábados das 9h às 13h, ficando as aulas disponíveis online para consulta posterior pelos alunos.

Mensalmente, num domingo de manhã, realiza-se uma aula síncrona por videoconferência, de 1 hora para cada disciplina teórica, para diálogo direto entre professores e alunos.

Um fim de semana por mês (sábado e domingo das 10h às 17h), os alunos têm 12h de aulas práticas presenciais na ESMTC para esclarecimento e correção das disciplinas com componente prática.

No último semestre do curso há um estágio supervisionado de Tuina que os alunos podem frequentar em simultâneo com as aulas ou, para quem preferir, no ano imediatamente a seguir à conclusão do curso.

Mês Dia  Hora 
Novembro 2021 Dia 21 – Apresentação às 10:30h
Novembro 2021 Dia 27 e 28 das 10h às 17h
Dezembro 2021 Dia 18 e 19 das 10h às 17h
Janeiro 2022 Dia 29 e 30 das 10h às 17h
Fevereiro 2022 Dia 12 e 13 das 10h às 17h
Março 2022 Dia 5 e 6 das 10h às 17h
Abril 2022 Dia 9 e 10 das 10h às 17h
Maio 2022 Dia 28 e 29 das 10h às 17h
Junho 2022 Dia 25 e 26 das 10h às 17h
Julho 2022 Dia 16 e 17 das 10h às 17h

Destinatários:

– Qualquer pessoa interessada em Massagem Terapêutica e na Medicina Tradicional Chinesa, com o 12º ano de escolaridade (preferencialmente)
– Profissionais das Terapêuticas não Convencionais

(Existe um regime de equivalências com dispensa de Avaliação nas disciplinas já realizadas pelos interessados, mantendo-se o acesso à totalidade das aulas)

Os candidatos à frequência do Cursos B-Learning deverão:

  • Ter acesso a um computador ou telemóvel com ligação à Internet e um browser ( exemplos: Chrome, Internet Explorer, Firefox, … )
  • Ter conhecimentos de informática na óptica do utilizador
  • Instalar a plataforma ZOOM

Investimento

O valor da anuidade é de 1.826,00€

O valor da anuidade a pronto pagamento – 1.674,00€

O pagamento poderá também ser feito em prestações 12 x 152,00€ – sendo que a primeira prestação deverá ser paga no acto da inscrição, as restantes com comprovativo de transferência permanente

A transferência permanente pode ser feita através do seu homebanking ou então directamente ao balcão do seu banco, devendo entregar no momento da inscrição o comprovativo desta ordem.

Formadores:

Certificação:

A ESMTC é uma entidade formadora certificada pela DGERT.

No final do curso será emitido um Certificado de Formação Profissional, conforme legislação em vigor (Portaria nº 474/2010 de 8 de julho), a todos os e-formandos que concluírem com aproveitamento

Inscreva-se Online

Será redireccionado para a plataforma ESMTC e-Learning, para poder comparar, registar-se e ter acesso ao curso Online

Pedido de Informações:

    Nome

    Email

    Como teve Conhecimento deste curso?

    Aceita que podemos processar os seus dados de acordo com as Regras de Protecção de dados da ESMTC.

    Consulte aqui as Regras de Protecção de dados

    Detalhes do Curso:

    Nome: Curso de Tui Na – Massagem Terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa
    Plano de formação de profissionais de Tuina da OMS – Organização Mundial de Saúde (“Benchmarks for training in Tuina”,OMS, 2010)
    Edição: 1ª Edição

    Duração Total do Curso : 2 Anos

    Total horas do Curso (horas de contacto+estudo dirigido+outras atividades do curso) : 2060horas

    Total horas de contacto: 1097 horas

    Formação de nível profissional para:

    – Qualquer pessoa interessada em Massagem Terapêutica e na Medicina Tradicional Chinesa, com o 12º ano de escolaridade (preferencialmente)

    – Profissionais das Terapêuticas não Convencionais

    ID : CTNMTC Data:  7 de Novembro de 2021
    Regulamento: Consultar aqui Localização: B-Learning – Plataforma de E-Learning da ESMTC e Instalações da ESMTC (aulas práticas presenciais)

    Certificação

    Apresentação

    Seguindo o Plano de Formação de Profissionais de Tuina proposto pela Organização Mundial de Saúde, a ESMTC abriu um Curso com o objetivo de formar praticantes profissionais de Tuina, no pleno sentido do termo.

    Numa versão mais adaptada às nossas circunstâncias, de acordo com a nossa experiência, a carga horária total desse Plano de Formação foi reduzida, sendo acrescentadas técnicas terapêuticas complementares da Tuina, nomeadamente a moxabustão, as ventosas, o guacha, a massagem reflexoterapêutica do pé e as aplicações externas com base em plantas medicinais.

    A Tuina é utilizada na China há mais de 2000 anos.
    Nos tempos antigos, a Tuina era designada por “An Mo”, “An Qiao” e “An Fu”. O termo “Tuina” foi registado na literatura, pela primeira vez, durante a dinastia Ming (1368 – 1644 d.C.).

    O desenvolvimento inicial da Tuina foi empírico e as suas realizações documentadas num grande número de textos clássicos, constando já registos das acções terapêuticas da “An Mo” no primeiro texto médico abrangente em MTC, o Clássico de Medicina Interna do Imperador Amarelo (Huang Di Nei Jing: 475-221 a.C.).

    Desde a dinastia Wei até à dinastia Jin (220-420 d.C.), a Tuina foi também utilizada na prática da medicina de emergência e, na dinastia Sui (581-618 d.C.), tornou-se uma área de estudo independente recebendo o seu executante o título de “praticante de terapia manual”. Na dinastia Tang (618-907 d.C.) a Tuina foi incluída no “mais alto nível do sistema de educação médica na China e o departamento de Tuina considerado um dos quatro departamentos clínicos hospitalares”. Na dinastia Ming (1368-1644 d.C.), a Tuina pediátrica torna-se um campo de estudo independente.

    Em 1956, foi criada a primeira escola de Tuina moderna em Xangai, R.P. da China. O ensino da Tuina encontra-se hoje acessível nas universidades e faculdades de MTC em toda a China. Foram feitos progressos significativos na educação e investigação em Tuina, e nos últimos 50 anos foram publicados numerosos artigos e uma série de tratados sobre a mesma. Concebida de acordo com a perspectiva da MTC, existe um corpo sofisticado de conhecimentos construídos ao longo de séculos, incluindo a teoria básica, os procedimentos de diagnóstico e as abordagens de tratamento nesta área. Actualmente, a Tuina é praticada globalmente, e os praticantes são conhecidos como profissionais de Tuina, terapeutas de Tuina ou médicos de Tuina.

    A Tuina utiliza uma variedade de técnicas manuais guiadas pela teoria da MTC, cuja filosofia e teorias influenciam fortemente a atitude e a abordagem dos profissionais de Tuina em relação aos cuidados de saúde. Isto tornou a Tuina diferente das outras terapias manuais. (Traduzido e adaptado de “Benchmarks for training in Tuina”,OMS, 2010)

    A ESMTC incluiu o ensino profissional de Massagem Terapêutica no plano de estudos do seu Curso de Medicina Tradicional Chinesa em 1994. A partir de 2000 as disciplinas teóricas e práticas de Tuina foram reformuladas, graças à colaboração com o Prof Shao Ming Li e o Dr Tao Qi do 1st Affiliated Hospital de Nanjing, (R.P. China) após o estágio hospitalar que a professora Lurdes Carvalho aí realizou.

    Posteriormente, esse trabalho foi aprofundado graças às várias estadias em Portugal do Professor Jin Hong Zhu e da Professora Ding Xiao Hong, da Universidade de Medicina Chinesa de Nanjing, onde o primeiro viria a ser reitor da Faculdade de Acupuntura.

    O Professor Jin, considerado na China e outros países como um importante expoente da competência em Tuina, juntou a sua dedicação e paciência ao esforço dos professores de Tuina da ESMTC o que permitiu implementar na nossa escola, desde há 20 anos, uma réplica exacta do melhor ensino de Tuina praticado na Universidade de MTC de Nanjing, uma das mais antigas instituições de Ensino Superior de Medicina Chinesa.

    Como resultado, a generalidade dos profissionais de MTC formados na ESMTC usam regularmente a Tuina no seu trabalho clínico, incluindo alguns que têm na Tuina a sua abordagem clínica preferencial. No Centro de Consultas da ESMTC funciona, também há cerca de 20 anos, uma consulta de Tuina aberta ao público. É aí que os alunos do Curso de MTC realizam o seu estágio prático semanal de Tuina durante um ano.

    Os atuais professores de Tuina da ESMTC já exerciam essa mesma função no Curso de MTC quando das estadias do Dr. Jin Hong Zhu em Portugal. Foram eles os seus interlocutores diretos e são os principais depositários do contributo legado por ele à ESMTC. São também os professores de massagem neste Curso de Tuina – Massagem Terapêutica Chinesa.

    Assim, este Curso consiste numa autonomização da componente de Tuina da nossa formação em MTC, trazendo consigo as disciplinas necessárias para a sua prática profissional, como o Diagnóstico próprio da MTC, a sua Teoria Básica, o estudo dos Meridianos e Pontos de Acupuntura usados na massagem Tuina, as ciências médicas ocidentais básicas e o estudo de muitas patologias comuns e seu tratamento/prevenção em Tuina.

    Ao plano de estudos da Organização Mundial de Saúde foi acrescentado, neste Curso, o ensino de outras técnicas de aplicação manual da MTC, utilizadas dentro do mesmo enquadramento teórico da Tuina, nomeadamente a Moxabustão, a terapia por Ventosas, o Guasha (instrumento de massagem), a Massagem reflexo-terapêutica do Pé e as aplicações externas de decocções de plantas medicinais.

    Esta formação destina-se também a futuros “amadores qualificados” de Tuina, dispostos a frequentar um ciclo de formação afinado por uma tónica profissionalizante. Exercida em comunicação aberta com o paciente, sem custos agregados ou necessidade de aparelhos ou instalações especiais, a formação de Tuina é também muito adequada ao uso privado por amadores qualificados, nos âmbitos familiar, social ou profissional. Pode constituir, assim, um trunfo importante na promoção da saúde e do bem-estar do indivíduo e da sua comunidade, reforçando com isso laços e proximidade entre os envolvidos.

    Dado o atual surto pandémico, e promovendo a acessibilidade do Curso de Tuina a estudantes residindo fora de Lisboa, grande parte das técnicas de Tuina serão transmitidas em vídeos didáticos para visionar e praticar em casa. Usando o tradicional saco de arroz ou areia típico do treino de Tuina e recorrendo, eventualmente, a familiares, colegas ou amigos para treino no corpo humano, todas as técnicas serão retomadas/corrigidas nas sessões presenciais.
    Apesar de ser um método inovador como forma de ensino duma disciplina manual e prática, a experiência recente de ensino da Tuina, parcialmente online e em condições de confinamento, surpreendeu todos, professores e estudantes, pela sua viabilidade, eficácia e mais valias específicas de segurança, comodidade e economia de tempo.

    Tão atual como milenar, tão despojada como imponente, tão simples como rica de complexidades, a Tuina é arte da cura pelo mero toque entre dois seres humanos. Uma ideia bela e inspiradora que merece ser experimentada.

     

    Resultados de referência da aprendizagem (OMS)

    Objectivos Gerais

    • Capacitar os discentes para o conhecimento dos benefícios e possibilidades terapêuticas da massagem Tuina e para o domínio do diagnóstico e aplicação terapêutica da mesma;
    • Capacitar os discentes para o domínio das principais técnicas de Tuina e das condições da sua aplicação, na promoção da saúde dos utentes e no tratamento de diferentes patologias em que é reconhecido a sua eficiência terapêutica;
    • Capacitar os formandos para a avaliação da sua própria condição energética e para o conhecimento e prática de auto-massagem e de sistemas de exercícios de Qigong, capazes de garantir uma condição de saúde adequada ao exercício desta profissão;
    • Capacitar, também, os formandos para a aprendizagem de outras técnicas terapêuticas externas da MTC, como reflexoterapia do pé, ventosaterapia, Guasha e moxabustão e para a sua utilização em diferentes condições de saúde e de doença;
    • Promover um estágio terapêutico de prática clínica de Tuina onde os formandos terão a oportunidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos sob supervisão.

    Objectivos Específicos

    No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

    • Descrever a anatomia e funções fisiológicas humanas normais, bem como a sua relevância para a prática de Tuina;
    • Aplicar os princípios da Medicina Tradicional Chinesa e da Medicina Convencional ao diagnóstico de Tuina de condições clínicas comuns;
    • Aplicar técnicas de Tuina apropriadas, tais como enrolar e amassar, com base numa compreensão das suas indicações e contra-indicações;
    • Desenvolver planos de tratamento específicos com base no diagnóstico do paciente individual, bem como nos sinais e sintomas relevantes;
    • Identificar patologias a encaminhar para outros profissionais de saúde, quando necessário, em áreas incluindo, nomeadamente, mas não só, traumatologia, medicina interna, ginecologia e pediatria;
    • Interpretar relatórios laboratoriais e radiológicos comuns relevantes para a prática da Tuina;
    • Rever e monitorizar o estado de saúde dos pacientes e modificar o plano de tratamento em conformidade, utilizando ainda uma compreensão das indicações e contra-indicações das técnicas de Tuina;
    • Executar eficazmente uma gama adequada de técnicas Tuina, guiadas pelos princípios da Medicina Tradicional Chinesa;
    • Utilizar o desenvolvimento profissional e a educação contínua para mais tarde adquirir autonomamente os conhecimentos competências necessários para o tratamento de doenças ou condições de saúde que podem não estar necessariamente abrangidas pelo presente programa.

     

    Aptidões de comunicação

    No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

    • Aplicar as terminologias médicas tradicionais chinesas e convencionais, de forma apropriada, na prática de Tuina;
    • Comunicar eficazmente com doentes, colegas, outros profissionais de saúde, organismos reguladores e o público em geral;
    • Comunicar eficazmente com outros profissionais de saúde em casos de encaminhamento de pacientes e questões relacionadas.

     

    Competências de prática responsável e sustentável

    No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

    • Educar os pacientes sobre Tuina, enquanto forma de cuidados de saúde holísticos;
    • Praticar dentro dos quadros regulamentares, éticos e de segurança;
    • Gerir um negócio financeiramente viável como praticante de Tuina;
    • Identificar questões-chave da profissão e munir-se dos recursos profissionais adequados;
    • Continuar a aprender (aprendizagem ao longo da vida) e aprender com a experiência (aprendizagem reflexiva).

     

    Competências de investigação e de gestão da informação

    No final do curso, os formandos deverão ser capazes de :

    • Descrever questões metodológicas relacionadas com a investigação clínica de Tuina;
    • Manter-se informado sobre os avanços da Tuina em matéria de conhecimento e aplicá-los na prática clínica, conforme apropriado;
    • Rever de forma crítica publicações de investigação, quando relevantes para Tuina;
    • Descrever as etapas envolvidas na investigação de Tuina, no âmbito de uma prática eticamente enquadrada;
    • Divulgar ou comunicar os resultados da investigação a pares e outros.

    Programa e Avaliação

    Unidades Curriculares  

    Anual/Semestral

    Horas de Contacto

    1ºAno 

     

    Anatomia Palpatória

    – Teoria básica da Anatomia Humana;
    – Estrutura normal do corpo humano e componentes dos sistemas corporais, particularmente a anatomia de superfície e estruturas subjacentes, incluindo os seus nomes, formas e localizações;
    – Reconhecimento de pontos de referência anatómicos.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Compreender a terminologia da anatomia topográfica e dos planos corporais e ser capaz de descrever a estrutura morfológica normal dos órgãos.

    Anual 46h

    Anatomofisiologia Humana

    – Conceitos e princípios básicos da Fisiologia Humana;
    – Principais funções dos órgãos e sistemas humanos;
    – Indicadores fisiológicos normais.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Demonstrar uma compreensão das funções fisiológicas humanas e da sua relevância para a prática clínica de Tui Na.

    Anual 46h

    Psicologia clínica da MTC

    – Princípios e prática;
    – Consciência dos factores psicológicos e da sua relevância para a saúde mental, aconselhamento psicológico, diagnóstico e promoção da saúde.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Identificar os factores psicológicos que podem ter contribuído para os problemas de saúde actuais dos pacientes e para fazer o encaminhamento atempado para outros profissionais de saúde (psiquiatra, psicólogo) sempre que for indicado.

    2º semestre 32h

    Sistema de Meridianos e pontos de Acupunctura

    – definição, localização, classificação, função e aplicação clínica de meridianos e pontos de Acupuntura/Tui Na;
    – código, nome, localização, anatomia local e indicação de aproximadamente 200 pontos de Acupuntura/Tui Na normalmente utilizados (Anexo 2,WHO Benchmarks).
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Localizar estes pontos de acupunctura no corpo humano com precisão e descrever as suas funções.

    Anual 74h

    Ética e Desenvolvimento Pessoal

    – Conhecimentos e princípios básicos;
    – Conduta profissional esperada dos profissionais de saúde.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Identificar e explicar questões éticas e profissionais relacionadas com a prática de Tui Na.

    1º semestre 32h

    Treino físico para as técnicas de Tui Na

    – Treino físico essencial para a prática da Tui Na;
    – Exercício regular e adequadamente concebido para melhorar a constituição do indivíduo e desenvolver a força física e a resiliência necessária para a prática clínica;
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Demonstrar aptidão física e resiliência necessárias para a prática de Tui Na, e para orientar os pacientes na execução de vários exercícios necessários à recuperação da sua saúde

    Anual 64h

    Técnicas de Tui Na

    – Desenvolvimento histórico da prática de Tui Na, conceitos e competências para a prática das técnicas comuns de Tui Na;
    – Aplicação das técnicas;
    – Aplicação adequada de técnicas combinadas com monitorização dos resultados terapêuticos.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Dominar a prática das técnicas de Tui Na de forma competente e dominar apropriadamente a combinação de diferentes técnicas de modo a responderem adequadamente a condições clínicas específicas.

    Anual 104h

    Princípios da MTC

    – Características e conceitos-chave da teoria da MTC, nomeadamente yin-yang, cinco elementos, zang-fu, qi, sangue e líquidos orgânicos, etiologia e patogénese;
    – Diagnóstico em MTC, incluindo os quatro métodos de diagnóstico (inspeção, auscultação e olfacto, interrogatório e palpação), diferenciação de
    síndromes (identificação de síndromes de acordo com as oito princípios e zang-fu);
    – Princípios e métodos de prevenção e tratamento.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Descrever os conceitos de MTC e aplicar estes conceitos no diagnóstico e na prática clínica
    Demonstrar competência no diagnóstico e diferenciação das síndromes guiadas pelo quadro teórico da MTC, os quais reflectem a singularidade da prática da MTC.

    Anual 82h
    Total horas – 1º Ano 480h

    2º Ano

     

    Patologia da Medicina convencional

    – Teoria básica da patologia;
    – Etiologia, patogénese, manifestações clínicas, princípios para o diagnóstico e tratamento de doenças comuns;
    – Primeiros socorros.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Descrever e aplicar métodos básicos de diagnóstico e tratamento clínico de doenças. Dominar os primeiros socorros a uma nível profissional

    Anual 46h

    Técnicas básicas de diagnóstico

    – Teoria básica, conceito e competências de diagnóstico;
    – Aplicação e interpretação de exames físicos, testes laboratoriais e diagnóstico por imagem.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Analisar e interpretar análises clínicas e laboratoriais básicas
    Analisar e interpretar exames de diagnóstico relevantes para a Tui Na

    1º semestre 23h

    Técnicas terapêuticas complementares da Tui Na

    – Moxabustão;
    – Ventosaterapia;
    – Guasha;
    – Reflexoterapia do pé;
    – Aplicações fitoterapêuticas externas.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Aplicar as técnicas complementares da Tui Na de acordo com o diagnóstico diferencial e condição do paciente.
    Respeitar as indicações e contra-indicações à prática das técnicas complementares da Tui Na

    1º semestre 33h

    Introdução à Investigação em Tui Na

    – Leitura e Interpretação de artigos científicos em conformidade com os princípios da melhor prática;
    – Manutenção de registos clínicos precisos e abrangentes;
    – Desenvolvimento do pensamento crítico na tomada de decisões;
    – Capacidade de crítica da literatura clínica, incluindo orientações clínicas;
    – Desenvolvimento de uma prática continuada de pesquisa, reflexão e investigação sobre as actividades mais relevante da Tui Na no terreno.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Aplicar o conhecimento adquirido num estudo e registo de um caso clínico

    2º semestre 23h

    Medicina interna tradicional chinesa

    – Conceitos básicos, teoria e competências da medicina interna tradicional chinesa;
    – Etiologia, patogénese, características clínicas, diferenciação de síndromes, princípios de tratamento e planos de tratamento para as condições clínicas comuns.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Descrever e aplicar métodos básicos de diferenciação de doenças e síndromes para o diagnóstico e tratamento clínico das condições comuns da medicina interna.

    Anual 46h

    Tui Na Terapêutica

    – Conceitos básicos, teoria e competências clínicas de Tui Na;
    – Métodos de diagnóstico e tratamento das patologias comuns utilizando a Tui Na;
    – Aplicação da Tui Na para a prevenção;
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Aplicar técnicas de Tui Na comumente utilizadas no tratamento das doenças comuns e aplicar as técnicas de Tui Na adequadas à prevenção da doença.

    Anual 89h

    Traumatologia tradicional chinesa (Exame físico) 

    – O desenvolvimento histórico da traumatologia na MTC;
    – Teoria básica da traumatologia;
    – Diagnóstico clínico e tratamento de condições comuns e lesões dos tecidos moles, utilizando técnicas da Tui Na.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Descrever e aplicar métodos básicos de diferenciação de doenças e síndromes para o diagnóstico e tratamento clínico de lesões traumáticas comuns

    Anual 69h

    Tui Na Pediátrica

    – Conceitos básicos, teoria e prática segura da Tui Na pediátrica, incluindo requisitos específicos para crianças;
    – Aplicação de métodos de diagnóstico e tratamento para as perturbações comuns das crianças;
    – Aplicação de técnicas de Tui Na para a prevenção de doenças pediátricas.
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Aplicar de forma apropriada e regular as técnicas de Tui Na para o tratamento de doenças pediátricas comuns e para a prevenção da doença pediátrica.

    2º semestre 42h

    Prática Clínica

    – Registar a queixa principal, a anamnese, os resultados do exame físico, o diagnóstico, os princípios terapêuticos e o plano de tratamento;
    – Documentar as consultas com os pacientes;
    – Executar o tratamento;
    – Reavaliar os resultados e documentar quaisquer modificações aos planos de tratamento;
    – Cumprir os requisitos de confidencialidade, consentimento informado e privacidade;
    – Normas de prática segura da Tui Na
    No final da Unidade curricular o aluno deverá:
    Ser capaz de avaliar o paciente, elaborar e realizar um plano de tratamento, modificar o plano de tratamento de acordo com os resultados observados de modo autónomo e respeitar o quadro ético e normativo da Tui Na.

    Anual 200h
    Métodos de Exercício II Anual 46h
    Total horas – 2º Ano   617h
    Total horas de contacto   1097h
    Total horas do Curso (horas de contacto+estudo dirigido+outras atividades do curso)   2060h

    Avaliação

    Os critérios de avaliação são apresentados no início da disciplina por cada professor.

    A classificação final no curso resultará da média ponderada, numa escala de 0-20 valores, das classificações das várias disciplinas.

     

     

    Início do Curso – 21 Novembro às 10h30 – apresentação presencial – com possibilidade de vídeo conferência síncrona

    As aulas do Curso são difundidas três vezes por semana, terças e quintas das 19h às 22h, sábados das 9h às 13h, ficando as aulas disponíveis online para consulta posterior pelos alunos.

    Mensalmente, num domingo de manhã, realiza-se uma aula síncrona por videoconferência, de 1 hora para cada disciplina teórica, para diálogo direto entre professores e alunos.

    Um fim de semana por mês (sábado e domingo das 10h às 17h), os alunos têm 12h de aulas práticas presenciais na ESMTC para esclarecimento e correção das disciplinas com componente prática.

    No último semestre do curso há um estágio supervisionado de Tuina que os alunos podem frequentar em simultâneo com as aulas ou, para quem preferir, no ano imediatamente a seguir à conclusão do curso.

    Mês Dia  Hora 
    Novembro 2021 Dia 21 – Apresentação às 10:30h
    Novembro 2021 Dia 27 e 28 das 10h às 17h
    Dezembro 2021 Dia 18 e 19 das 10h às 17h
    Janeiro 2022 Dia 29 e 30 das 10h às 17h
    Fevereiro 2022 Dia 12 e 13 das 10h às 17h
    Março 2022 Dia 5 e 6 das 10h às 17h
    Abril 2022 Dia 9 e 10 das 10h às 17h
    Maio 2022 Dia 28 e 29 das 10h às 17h
    Junho 2022 Dia 25 e 26 das 10h às 17h
    Julho 2022 Dia 16 e 17 das 10h às 17h

    Destinatários:

    – Qualquer pessoa interessada em Massagem Terapêutica e na Medicina Tradicional Chinesa, com o 12º ano de escolaridade (preferencialmente)
    – Profissionais das Terapêuticas não Convencionais

    (Existe um regime de equivalências com dispensa de Avaliação nas disciplinas já realizadas pelos interessados, mantendo-se o acesso à totalidade das aulas)

    Os candidatos à frequência do Cursos B-Learning deverão:

    • Ter acesso a um computador ou telemóvel com ligação à Internet e um browser ( exemplos: Chrome, Internet Explorer, Firefox, … )
    • Ter conhecimentos de informática na óptica do utilizador
    • Instalar a plataforma ZOOM

    Investimento

    O valor da anuidade é de 1.826,00€

    O valor da anuidade a pronto pagamento – 1.674,00€

    O pagamento poderá também ser feito em prestações 12 x 152,00€ – sendo que a primeira prestação deverá ser paga no acto da inscrição, as restantes com comprovativo de transferência permanente

    A transferência permanente pode ser feita através do seu homebanking ou então directamente ao balcão do seu banco, devendo entregar no momento da inscrição o comprovativo desta ordem.

    Certificação:

    A ESMTC é uma entidade formadora certificada pela DGERT.

    No final do curso será emitido um Certificado de Formação Profissional, conforme legislação em vigor (Portaria nº 474/2010 de 8 de julho), a todos os e-formandos que concluírem com aproveitamento

    Cursos